carregando...
29/01/2021

Projeto SHOW ME THE FUND e Sony Global Relief Fund lançam fundo para apoiar retomada de produções cinematográficas brasileiras

Serão US$ 400 mil distribuídos para auxiliar no custeio de protocolos associados às medidas de proteção contra a Covid-19 em sets de filmagens

Depois do pouso forçado causado pela pandemia do novo coronavírus, o audiovisual brasileiro prepara a retomada das filmagens presenciais. A volta aos sets, porém, deve ser acompanhada pela implementação de protocolos sanitários para evitar a disseminação da Covid-19.

Com isso em mente, e avançando na missão de auxiliar os profissionais do setor na busca por oportunidades de financiamento, o projeto SHOW ME THE FUND lança em fevereiro o fundo De Volta aos Sets, que contará com US$ 400 mil – aproximadamente R$ 2 milhões – aportados pela Sony Pictures Entertainment, por meio do Sony Global Relief Fund. O projeto SHOW ME THE FUND é uma parceria entre Brazilian Content, Cinema do Brasil e Projeto Paradiso.

Os recursos serão direcionados a produtoras brasileiras independentes que tenham filmagens planejadas para 2021 e serão distribuídos em aportes de R$ 19 mil, beneficiando 100 empresas. A verba deve ser utilizada para custear as medidas de proteção contra o coronavírus e ficará sob gestão do ICAB – Instituto de Conteúdos Audiovisuais Brasileiros, cuja experiência em outras operações dessa natureza já é reconhecida pelo mercado.

As inscrições terão início em 1o de fevereiro, no site do SHOW ME THE FUND, e estarão abertas por três semanas – o resultado será divulgado em 01 de março. Estão aptas a buscar o apoio as produtoras registradas na Ancine, com filmagens de séries e longas-metragens a partir de março de 2021 – produções para publicidade, institucionais, animações e curtas-metragens não estão incluídas.

Será contemplada apenas uma inscrição por empresa, e as produtoras devem ser majoritárias na propriedade intelectual das obras. Os critérios para a escolha dos vencedores levarão em consideração a ordem cronológica das filmagens e, em caso de empate, a data de registro no fundo. Terão prioridades as obras que tiverem coprodução internacional.

“A retomada das filmagens é um movimento muito aguardado pelos profissionais do audiovisual nacional, mas é fundamental que seja feita da forma mais segura possível. Esperamos que o fundo De Volta aos Sets consiga somar forças ao movimento de retorno aos sets, contribuindo para garantir os cuidados com os trabalhadores da indústria”, explica Josephine Bourgois, diretora executiva do Projeto Paradiso.

O projeto SHOW ME THE FUND fornece um mapeamento amplo e customizado de fundos de financiamento para produções cinematográficas que podem ser acessados pelos brasileiros. Ao todo, foram 50 oportunidades apresentadas, no valor aproximado total de US$ 10 milhões.

“O SHOW ME THE FUND, mais do que um mapeamento, tornou-se um hub de atração de oportunidades e soluções para as produtoras independentes brasileiras. E agora, com a parceria do Sony Global Relief Fund, poderemos colaborar com as produtoras em segurança sanitária, nesse momento ainda bastante delicado, para a retomada das produções. Uma iniciativa que, sem dúvida, beneficia toda a sociedade, que poderá desfrutar dessas produções”, diz Mauro Garcia, presidente executivo da BRAVI (Brasil Audiovisual Independente) e do Brazilian Content, projeto de exportação da associação que há 16 anos se empenha na promoção do audiovisual brasileiro no mercado internacional.

O sentimento de otimismo em relação ao fundo “De volta aos Sets” é compartilhado por Simoni de Mendonça, presidente do Sindicato da Indústria Audiovisual do Estado de São Paulo (SIAESP), responsável pelo Cinema do Brasil. “Temos a missão de manter o bom desempenho da indústria audiovisual e, apesar deste período crítico de pandemia, não podemos deixar o setor parar. Foi com esse pensamento que atuamos, rigorosamente, para a criação do Protocolo de Segurança e Saúde e, agora, na viabilização financeira da volta aos sets. É importante ressaltar a colaboração da iniciativa privada, que nesse gesto de amparo ao audiovisual brasileiro reconhece a qualidade da nossa produção.”

Para conhecer mais sobre o projeto e se inscrever no fundo “De Volta aos Sets”, acesse: www.showmethefund.co/