Nove produtoras nacionais estarão em Miami (EUA), neste mês, para representar o país em um dos mais importantes encontros internacionais na área de conteúdo para televisão

Em um cenário no qual as produções latino-americanas vêm ganhando cada vez mais destaque e espaço no mercado internacional, nove produtoras brasileiras estarão no NATPE Miami Marketplace & Conference 2019, um dos principais mercados de conteúdo para televisão, que será realizado de 22 a 24 de janeiro, em Miami, na Flórida (EUA). A delegação brasileira é comandada pelo Brazilian Content, programa de exportação da BRAVI em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

O evento é uma janela de oportunidades para produtoras interessadas em conhecer e realizar negócios com parceiros latino, hispânico e norte-americanos. Também é ideal para apresentar projetos e buscar capacitação sobre as últimas tendências de mercado, televisão e conteúdo. Além da área de mercado, o NATPE tem uma programação diversificada e abordará temas como plataformas e OTT, desenvolvimento, negócios, marcas e anunciantes, entre outros.

Um dos destaques brasileiros desta edição é a participação de Juliana Algañaraz, da Endemol Shine Brazil, no painel “LatAm Summit Part 4 – The Executive POV”, que tratará das produções latino-americanas, com temas como qualidade e aumento de público crescentes.

“O NATPE é um momento estratégico para viabilizar parcerias de produção e comercialização com agentes que atuam na América Latina e para o relacionamento com os players de escala global”, afirma Edison Viana, da Moonshot Pictures, produtora que participa anualmente do evento.

Outra produtora que marca presença no NATPE é a Medialand, que em janeiro estará pela quarta vez no evento. Para o produtor executivo Beto Ribeiro, espectadores de todo o mundo têm cada vez mais aprovado a criatividade e a qualidade brasileiras. “O NATPE torna mais fácil o acesso a pessoas chave do mercado, permitindo essa integração maior entre mercado e conteúdos”, afirma.

First timers

De olho nesse mundo de oportunidades, três produtoras brasileiras participarão pela primeira vez do evento: a Glaz Entretenimento, a Super8Prod e a Story Productions. Mayra Lucas, CEO da Glaz, afirma que a produtora decidiu ser o momento ideal para participar do evento, agora que possui um departamento de TV estabelecido e com mais horas de conteúdos produzidos. “No momento, o NATPE é o mercado para TV mais forte das Américas”, afirmou Mayra.

O Brazilian Content tem um estande no evento, que oferece todo o apoio a produtores na área de divulgação, negócios e informações. “Esperamos promover o conteúdo feito no Brasil atraindo compradores ao nosso estande e permitindo, às produtoras nacionais, vender e fazer parcerias com os mercados latino, norte-americano e hispânico”, afirma Rachel do Valle, gerente executiva do Brazilian Content.

Além das produtoras já citadas, completam a lista das brasileiras que participarão do NATPE: Formata, Movioca Content House, Sato Company e Teleimage (totalizando nove empresas e 12 representantes). Para mais informações sobre o evento, acesse o site oficial do NATPE.