“Da Porta Pra Fora” é um projeto de longa documental que surgiu no início da pandemia. O diretor Thiago Foresti da produtora Forest Comunicação, associada da BRAVI e Brazilian Content, enxergou a necessidade de mostrar a realidade dos entregadores de comida por meio de aplicativo. São profissionais que realizam um serviço essencial, mas pouco valorizado. A ideia foi bem aceita e, de agosto a outubro, participará de um laboratório de desenvolvimento audiovisual de Copenhagen: o DocCelerator, uma iniciativa da Paradiddle Pictures, um instituto especializado em formação de profissionais do setor audiovisual.

Além do projeto de Brasília, outras 10 obras foram selecionadas. São propostas da Bélgica, Finlândia, Alemanha, Espanha e vários outros países. No total, a diversidade dos escolhidos compreende 11 países de três continentes. O “Da Porta Pra Fora” é o único a representar a América Latina.

As orientações dos consultores serão fundamentais para aprimorar o documentário “Da Porta Pra Fora” e garantir que a voz dos entregadores seja escutada com a produção e distribuição da obra.

Em contato com quatro entregadores de aplicativos de Brasília, o diretor Thiago Foresti pretende apresentar seus sonhos, medos e rotina durante o desenrolar dos desdobramentos políticos da pandemia do novo coronavírus.

O filme relembra as decisões e indecisões do governo federal ao mesmo tempo que apresenta os impactos desse tempo de exceção na vida desses trabalhadores informais, mas essenciais.

Assista ao trailer do projeto aqui.