O ano de 2020 está apenas começando, mas já sinaliza perspectivas muito positivas para o audiovisual brasileiro. Depois de uma bem sucedida participação no Natpe com 9 empresas, a delegação oficial brasileira que esteve no Kidscreen Summit, de 10 a 13 de fevereiro em Miami, por exemplo, foi o maior grupo da América Latina. Comandados pelo Brazilian Content, programa de exportação da BRAVI – Brasil Audiovisual Independente, em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), os 26 produtores brasileiros mostraram toda a sua capacidade em um mercado que é referência internacional entre os principais profissionais de conteúdo para o público infantil.

O otimismo de Mary Morita, gerente executiva do Brazilian Content, endossa esses resultados. Segundo ela, o Brasil voltou com muitas oportunidades na bagagem e isso é fruto de um trabalho, consistente e contínuo que há mais de uma década vem sendo desenvolvido com o importante apoio da Apex-Brasil. “Focamos na abertura de mercado com delegações de outros países com destaque para o Japão, o que é bastante representativo do ponto de vista institucional. Além disso, organizamos as rodadas de negócios com a delegação da província do Quebec, no Canadá, que abre uma nova porta de entrada para os projetos dos estúdios brasileiros”, explica.

Entre os muitos motivos para comemorar a passagem pelo Kidscreen está o contrato assinado pela associada Druzina Content com a Cartoon Network Latam para série TazerToon. Serão 26 interprogramas de três minutos que mesclam liveaction com animação 3D, protagonizada pela dupla PAC e Mike do canal TazerCraft do YouTube, que já tem mais de 4 bilhões de visualizações.

Outra produtora que voltou animada com a ida aos EUA é a Hype. A empresa anunciou durante o evento o lançamento de Los Amigos, um canal compartilhado entre ela, a Punkrobot, do Chile, e a Red Animation Studios, do Peru. O objetivo é produzir séries em CGI em tempo real entre os três países e oferecer produtos de qualidade de forma mais rápida e com custo acessível.

As novidades, contudo, não param por aí. A unidade de produção e distribuição de conteúdo infantil do Discovery, Discovery Kids Media, anunciou que está com novas séries em produção na América Latina, entre elas ‘Bean & Friends’. Produzida pelas associadas Chatrone Latin America e Birdo Studio, a série conta a história de um broto de feijão vivendo na sala de arte de uma escola e suas aventuras. Outra produção é o spin-off da já consagrada ‘Zu & Her Zoo’, a nova série ‘Our Zoo World’, produzida pela associada Boutique Filmes, que fala sobre uma jovem garota e seu irmão adolescente em uma reserva zoológica.

Com o objetivo de fortalecer a indústria brasileira de jogos digitais, o projeto Brazil Games, programa sem fins lucrativos criado pela Abragames (Associação Brasileira das Desenvolvedoras de Jogos Digitais) também em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), levou ao Kidscreen as empresas Akom Studio, Rockhead Studios, Webcore Games, Petit Fabrik e PushStart, sendo as duas últimas também associadas ao Brazilian Content.

Pelo Brazilian Content participaram do Kidscreen 2DLab, Alopra Estúdio, Animaking, Apiário Estúdio Criativo, Belli Studio, Boutique Filmes, Bromelia, Chatrone América Latina, Combo Estúdio, Content Blue, Copa Studio, Dogs Can Fly, Druzina Content, Forest Comunicação, Ghost Jack Entertainment, Hype, Mono Animation, Petit Fabrik, Pinguim Content, PushStart, Sato Company, sBusiness, Split Studio, Story Productions, UP! Content Co., e UP Voice